anúncio dopc

anúncio dopc

Alencar Garcia de Freitas: a partida dos patriarcas

22 de novembro de 2013

Conheci dona Maria quando seu marido Carlos Fernando Monteiro Lindenberg foi governador do Espírito Santo.

A ele entrevistei algumas vezes, enquanto que com ela eram apenas cumprimentos formais pela sua condição de primeira dama.

Do lado dela, da família Pacheco de Queiroz, conheci bem e tive um bom relacionamento profissional com o general Darcy e com o Seu Eugênio, figuras proeminentes da Rede Gazeta.

Na segunda geração dos Lindenbergs e Pachecos, passei a tratar dos negócios que envolviam A Gazeta e as organizações com as quais trabalhei, com o Cariê - Carlos Fernando Lindenbergh Filho - e Maria Alice.

A partir da terceira geração, com Café - Carlos Fernando Lindenbergh Neto - no comando administrativo do grupo, perdi o contato mais próximo com o jornal, limitando-me, apenas, aos textos que escrevo, há muitos anos, como colaborador da página de Opinião.

É muito importante registrar o extraordinário papel dos patriarcas Lindenberg e Pacheco.

Não só em favor da comunicação como em favor do desenvolvimento econômico, social e cultural do Estado do Espírito Santo, por meio das emissoras de rádio, TV, jornais, empresas de promoções e da Fundação que leva o nome do patriarca maior, ex-governador Carlos Lindenberg.

Com certeza a saída de cena, nestas últimas horas, de dona Maria Antonietta Queiroz Lindenberg, é uma baixa lamentada pela família Gazeta e por todos os segmentos econômicos, sociais e políticos deste Estado.

Pessoas como essa senhora, quando saem desta vida, deixam um tremendo vazio, e por certo ainda muitas idéias e propostas inacabadas; ainda bem, no entanto, que o grupo deve continuar tocando no interesse de todos os setores da sociedade.

Vale ressaltar que dona Maria escreveu e bem a sua história como matriarca e grande empreendedora deste Estado e importante formadora de caráter como sempre foi, passando aos filhos, netos, bisnetos e a todos que trabalharam com ela as melhores lições de vida.

Nota do Portal DOPC

Os diretores do Portal DOPC, Rubens Pontes e Oswaldo Oleari, reverenciam a memória de Dona Maria Antonieta Queiroz Lindenbergh, matriarca de uma família que faz parte e contribuiu para construir a história do Espírito Santo, desde seus ancestrais, entre eles o ícone Jerônimo Monteiro. Ao Cariê - Carlos Fernando Lindenbergh Filho - o nosso abraço solidário e nosso reverente respeito pela memória de Dona Maria, cuja história de vida a transformou numa pessoa muito querida dos que com ela conviveram (Rubens Pontes e Oswaldo Oleari).

COMENTAR

Don Oleari

Mensagem enviada fia feicibuqui, de Leticia Lindenberg de Azevedo:

2/12/2013 07:53
Leticia Lindenberg de Azevedo

Obrigada Oleari. Muito bonita a homenagem. Agradeço em nome de toda a nossa família.

Enviada por dispositivo móvel

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49