anúncio dopc

anúncio dopc

Cesar Benjamin fala do PT que aplaudiu tesoureiro João Vaccari de pé no congresso do partido

17 de junho de 2015
Cesar Benjamin



Sugestão de leitura de Márcio Cremona, nosso colaborador carioca.


Não gosto quando as pessoas se referem ao PT como “quadrilha”. Não contribui para o debate e é um desrespeito a inúmeros simpatizantes petistas que são honestos.

Porém, é perturbador constatar que o congresso do partido aplaudiu o ex-tesoureiro João Vaccari (foto abaixo) de pé, por mais de um minuto. Vaccari está preso porque pesam contra ele acusações fortíssimas e bem-fundamentadas de que foi um dos coordenadores do processo de pilhagem da Petrobras.



Ao aplaudi-lo assim, o PT aplaude essa pilhagem, solidariza-se com ela, assume publicamente a defesa de uma prática criminosa que fragilizou grandemente a mais importante empresa brasileira, seja do ponto de vista material, seja simbólico. O PT deu uma bofetada no Brasil e nos avisou que faria tudo outra vez.

A única explicação para esse comportamento também é perturbadora: ao aplaudir Vaccari freneticamente, demonstrando-se tão solidário a ele, o PT tenta assegurar seu silêncio. Se ele falar o partido acaba.

Recentemente declarei que tinha esperanças de que as aspirações da sociedade – e principalmente, da antiga base social do próprio PT – se expressassem no congresso do partido. 

Eu estava errado. Qualquer levantamento mostrará que 100% dos participantes do congresso são funcionários do governo, do partido ou de suas organizações afins, como já vinha ocorrendo em congressos anteriores. Não há lá operários de chão de fábrica, professores que estejam em sala de aula, ninguém que compartilhe o dia a dia dos trabalhadores brasileiros.

O que mais assusta essa gente, e o que a ocasiona, é o pavor de ter de retornar, um dia, ao mundo do trabalho, que ficou para trás. É o triste fim de um caminho (César Benjamin).


Quem é o "Menininho" que
deixou Lula triste e abatido ?

Quem é Cesar Benjamin ou, melhor, César de Queiroz Benjamin? 

Em 27/11/2009, com seu artigo "Os filhos do Brasil", publicado na  Folha de São Paulo, ele deixou Lula triste e abatido, seus assessores enlouquecidos, jornais e redes sociais na inferneti em polvorosa e o Brasil escandalizado.

A biografia  de César Benjamin, como ele assina seus artigos, é resumida asim:

- César Benjamin, 55 anos, militou no movimento estudantil secundarista em 1968 e passou para a clandestinidade depois da decretação do Ato Institucional nº 5, em 13 de dezembro desse ano Juntou-se à resistência armada ao regime militar. 

Por suas opiniões políticas foi preso em meados de 1971, com 17 anos, quando alfabetizava camponeses no interior da Bahia. No final de 1976 foi expulso do país.

Retornou com a Anistia. Ajudou a fundar o PT, do qual se desfiliou em 1995. Em 2006 foi candidato a vice-presidente na chapa liderada pela senadora Heloísa Helena, do PSOL, do qual também se desfiliou. 

Trabalhou na Fundação Getúlio Vargas, na Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, na Prefeitura do Rio de Janeiro e na Editora Nova Fronteira. É editor da Editora Contraponto e colunista da Folha.

Fonte da nota sobre César Benjamin: 
www.averdadesufocada.com

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49