anúncio dopc

anúncio dopc

Política é coisa séria: Majeski propõe mais segurança para pedestres e animais nas rodovias

18 de agosto de 2015

Por Totonho Rodrigues

Recebi dois releases da assessoria do deputado Sergio Majeski. que mostro a segur. Depois, comento no final (Totonho Rodrigues).



O deputado Sergio Majeski apresentou projeto de Lei - PL 336/2015 - nesta segunda-feira (17) que propõe a implantação de Ecodutos para a proteção de animais nas estradas, rodovias e ferrovias estaduais que passem por florestas e unidades de conservação

A proposta de Majeski visa diminuir acidentes e atropelamentos de animais, em trechos que atravessam áreas de florestas.

Além do risco de vida dos condutores e passageiros, pequenos, médios e grandes vertebrados, incluindo espécies ameaçadas de extinção, estão expostos ao trafego intenso nas rodovias.

Morte

Estima-se que mais de 10 mil animais morreram neste ano de 2015 no trecho de 25 km da BR-101 que corta o complexo florestal Linhares-Sooretama. 
Esse trecho engloba duas Reservas da Costa do Descobrimento: Reserva Biológica de Sooretama e Reserva Natural Vale. 

Ambas são tombadas como Patrimônio Mundial da Humanidade.

Os atropelamentos causam prejuízos irreparáveis ao meio ambiente e sérios riscos aos motoristas que passam diariamente pelo trecho, além de resultarem em vítimas fatais xom muita frequência.

Essa prática já foi adotada em outros estados brasileiros como São Paulo e Minas Gerais e em países como Canadá, Holanda, Estados Unidos da América, Austrália, Alemanha, entre outros.

Projeto pede isenção de taxas 
de cartório a conselhos escolares 

Pelo Projeto de Lei 146/2015O o deputado Sergio Majeski (PSDB) propõe que os Conselhos Escolares deixem de pagar taxas, emolumentos e demais despesas cartorárias referentes a registros estatutários e suas alterações.

O conselho escolar é previsto no regimento comum das escolas da rede estadual e possui estatuto e regulamento próprios nos termos, podendo deliberar e fiscalizar o plano de aplicação das verbas destinadas à unidade de ensino.

Os conselhos recebem recursos do “Programa Estadual Dinheiro na Escola” (PDDE), destinados à aquisição de materiais e bens e contratação de serviços.

Diz o deputado que "dessa forma, os recursos recebidos devem ser utilizados apenas para o que está previsto e cumprindo um rigoroso procedimento para sua utilização, não podendo, por exemplo, ser utilizado para a criação e registro dos conselhos junto aos cartórios de registro de pessoa jurídica".

A aprovação do Projeto de Lei 146/2015 permite a descentralização dos recursos financeiros, fomentando a gestão democrática das escolas.

Prejuízo para a comunidade Escolar

O projeto teve votação adiada em plenário pela segunda vez nesta segunda-feira (17), após orientação do líder do Governo, Gildevan Fernandes (PV), para a rejeição do mesmo. Depois do encaminhamento, o líder se retirou do plenário, acompanhado por outros deputados, inviabilizando a votação dos projetos da ordem do dia por falta de quórum.

Meu comentário

Um colega jornalista, experiente em Assembleia Legislativa, comentou comigo que o Deputado Sergio Majeski parece um "bicho estranho no ninho". Ele tem atuado quase que solitariamente propondo medidas que incomodam o líder Gildevan Fernandes e ao governo.

Como também acompanho as atividades políticas em geral há bastante tempo em diferentes veículos, comentei com o colega se ele acha também que as propostas "do chato do Majeski", como o qualifica um deputado inexpressivo que só está na Assembleia Legiislativa pelo restolho dos votos na combinação final para a formação de bancadas eleitas, têm sustentação.

O colega me respondeu que sim, que o deputado tem apresentado propostas consistentes e que aparentemente leva seu mandato a sério, enquanto vários deputados estão na Assembleia do ES "a passeio", desfrutando das benesses e corroborando manobras políticas.

Mas manobras políticas são inerentes ao ofício, retruquei. O colega concordou e acrescentou que nem sempre essas manobras são de interesse da população e servem mais a grupos políticos ou a quem está no poder.

Cheguei à conclusão que esta fria AL do ES está precisando de mais "deputados chatos" domo o Majeski e não só dos "maria vai com as outras", que só dizem amém a nós todos (Totonho Rodrigues).

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49