anúncio dopc

anúncio dopc

Revista Veja assume que publicou documento falso e pede desculpas a Romário e aos leitores

6 de agosto de 2015
Publicado em Quinta, 06 Agosto 2015 00:36

Escrito por Redação Comunique-se

“Acabei de receber do banco suíço BSI a confirmação de que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milhões em meu nome é falso. Com essa constatação de grave delito penal, o banco também me comunicou que fez uma queixa penal no Ministério Público de Genebra para que eles possam apurar o crime. Paralelo a isso, o Ministério Público Federal do Brasil também emitiu uma certidão comprovando que não há nenhuma apuração de suposta conta bancária mantida por mim na Suíça”.

Com a mensagem reproduzida acima e publicada originalmente na noite desta quarta-feira, 5, o ex-jogador da seleção brasileira de futebol e atual senador pelo PSB do Rio de Janeiro, Romário, reforçou, mais uma vez, a certeza da falsidade do extrato bancário que serviu de base para reportagem publicada pela Veja na semana retrasada. Na ocasião, a revista afirmou, com direito a ilustração do documento, que o parlamentar era titular de uma conta no BSI - e que nela mantinha cerca de R$ 7,5 milhões. 

A reportagem foi assinada pelos repórteres Leslie Leitão e Thiago Prado.

Antes...
- Romário X Veja: senador quer fonte de repórteres para evitar ação judicial
- Veja afirma ter cumprido “papel mais nobre da imprensa” em pauta sobre Romário

Diferentemente dos outros posts divulgados por Romário desde que a edição da Veja com o texto começou a circular, a equipe do veículo de comunicação mantido pela Editora Abril não ignorou as críticas - publicadas na fan page mantida pela equipe do senador - e nem afirmou, como no último fim de semana, não ter razões para desconfiar da veracidade do extrato que acabou pautando a redação. Desta vez, o semanário confirmou o erro e admitiu ter veiculado em suas páginas matéria baseada em documento falso.

veja-erroVeja assumiu: publicou documento falso
(Imagem: Reprodução/Veja.com)

Além de confirmar o equívoco, a publicação pediu, por meio de texto publicado em sua versão online, desculpas ao senador socialista e ao público. 

- “Por ter publicado um documento falso como sendo verdadeiro, Veja pede desculpas ao senador Romário e aos seus leitores. Esse pedido de desculpas não veio antes porque até a tarde desta quarta-feira ainda pairavam perguntas sem respostas sobre a real natureza do extrato, de cuja genuinidade Veja não tinha razões para suspeitar”, sustentou a equipe do impresso no texto.

No pedido de desculpas, entretanto, a equipe da revista fez questão de garantir que não foram as críticas públicas por parte do parlamentar fluminense que culminaram na mudança de posicionamento em relação à avaliação de que o extrato bancário seria ou não real. A revista afirma que foi a postura da instituição financeira do país europeu que esclareceu a história. “A nota do BSI dissipou todas as questões a respeito do extrato. Ele é falso”, informa parte do texto veiculado na Veja.com. “A investigação desse episódio, no entanto, continuará sendo feita por Veja”, enfatizou o veículo, que promete revisar o que ocorreu no processo que “entristece” a publicação.

O posicionamento por parte da direção da Veja e o pedido de desculpas não fizeram o ex-atacante tirar da mente a ideia de levar o caso ao Judiciário. O senador mantém em sua página no Facebook a declaração de que irá mover uma ação contra o veículo de comunicação e a dupla de jornalistas responsável pela reportagem que se confirmou como “barriga”. 

- “Diante dessas provas, enterramos, definitivamente, qualquer mentira sobre o assunto. Os falsificadores, mentirosos e caluniadores responderão à justiça brasileira e suíça”, afirma o congressista.

A credibilidade...
No post no Facebook em que confirmou o erro - que foi bancado como verdadeiro por mais de dez dias -, a Veja foi alvo de críticas de internautas. Usuários da rede social questionaram como ficará a credibilidade da publicação. “E aquele negócio de checar a origem da fonte? Não adianta mais, vão levar um baita processo, aliás, deveria ser fechada essa porcaria de vez”, escreveu João Paulo Eufrazio de Lima. “E o desgaste à imagem e refutação, neste caso, do Romário?. A repercussão que a notícia causou, inclusive fora do país, e agora um pedido de desculpas como se fosse alguém que estivesse esbarrado em você na rua?”, questionou Thiago Zepponi.

Fonte:
http://portal.comunique-se.com.br/index.php/destaque-home/78233-veja-assume-que-publicou-documento-falso-e-pede-desculpas-a-romario-e-aos-leitores-info

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49