anúncio dopc

anúncio dopc

O riso sincero pode ser um aliado da saúde, diz a psicóloga Andrea Bragatto

6 de novembro de 2015


6 de novembro é o Dia Nacional do Riso. Conheça os benefícios do sorriso para a saúde



Dizem que rir é o melhor remédio. E, de fato, é. Além de ajudar no combate ao estresse, o riso contribui para o fortalecimento do sistema imunológico de quem sorri, dá energia para cumprir as funções e atividades do dia a dia, melhora o humor, ajuda a superar e resolver conflitos, promove a união de um grupo, dentre outras vantagens.

No entanto, para que estes benefícios aconteçam e o riso seja considerado um aliado da saúde e do bom humor, a psicóloga Andrea Bragatto, da Clínica de Psicologia Antonio Elmo, alerta que é preciso que este sorriso seja autêntico e espontâneo.

-  “Quando o riso e/ou a gargalhada são viscerais, ou seja, do fundo do coração, naturais, não artificiais, eles nos alimentam a alma, nos colocam para cima, podendo ser sinais de que está tudo bem emocionalmente. O riso visceral é aquele que flui espontaneamente e que nos move por inteiros, alegrando até as nossas entranhas. Pode se dar ao escutarmos uma piada ou vivenciarmos alguma situação descontraída, quebrando a monotonia do dia a dia. Se tenho um sorriso natural nos lábios ao cumprimentar o vizinho com um bom dia, por exemplo, terei o retorno dele da mesma forma, o que significa que também podemos promover o riso no outro”, enfatizou.

O sorriso, um olhar acolhedor e descontraído são também gestos educados e sociais. 

- "Se tenho um sorriso natural nos lábios ao cumprimentar o vizinho com um bom dia, por exemplo, terei o retorno dele da mesma forma, o que significa que também podemos promover o riso no outro. Muitas amizades têm início com um belo sorriso”, completou a psicóloga.

Os benefícios do riso vão muito além da questão social e da simples diversão, sendo um poderoso antídoto para os males que acometem a população no mundo corrido de hoje em dia. Um estudo publicado na revista Geriatrics and Gerontology International apontou que os pacientes que riem mais têm melhora significativa nos quadros de depressão e têm menos chances de ter insônia. Além disso, um estudo realizado pela Universidade de Loma Linda, na Califórnia, apontou que a risada reduz os níveis de estresse.

De acordo com Andrea Bragatto, algumas vezes é preciso que busquemos situações que nos estimulem a sorrir.

-  “Ninguém ri todo dia e o tempo todo, temos nossos momentos, vivemos nesta alternância de humor naturalmente, pois estamos sujeitos a passar por eventos que, muitas vezes, estão fora do nosso controle, e alguns nem sempre são relaxantes. Há pessoas que possuem uma tendência a serem mais risonhas e outras menos risonhas. Neste caso, é importante que a pessoa busque situações divertidas e descontraídas, como estar em contato com aquilo que se gosta, como, por exemplo, dança, música, teatro, atividade física, roda de amigos, ou seja, com aquilo que promova risos saudáveis. Isto também serve para aqueles que não estão passando por uma fase boa na vida. É fundamental que a gente busque apimentar a alma e o bom humor. Se nos afastamos de tudo o que é prazeroso, acabamos nos fechando e aí vem a depressão e a tristeza”, explicou a psicóloga.

Por isto, estar de bem com a vida e ter esperança mesmo quando as coisas estiverem difíceis são ótimas maneiras de conseguir sorrisos espontâneos. 

- “Quando vem da alma, o riso é sim um excelente remédio. Então busque encontrar meios de ser e estar feliz para a vida”, completou Andrea.

Enviado por Letícia Passos

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49