anúncio dopc

anúncio dopc

João Paulo G. Oleare elege os piores do ano e uma "Menção Desonrosa" - OS MAIS MENOS 2015

12 de janeiro de 2016

Charge de Amarildo, do jornal A Gazeta, de Vitória/ES

João Paulo Gomes Oleare é radialista e jornalista (*). 

1 - O PT: não é o pior do ano, e sim das duas últimas décadas. Abandonou a esquerda e se converteu ao neoliberalismo mais canhestro, praticamente anulando as poucas conquistas sociais de seus mandatos na presidência.

2 - Estado Laico: uma ficção jurídica no Brasil, com sua bancada religiosa ultra-conservadora que se preocupa em legislar sob corpos alheios.

3 - Humanidade: alguns indivíduos se salvam, mas, enquanto espécie, nós obviamente demos errado.


4 - A Morte: muita, muita gente boa morreu em 2015.

Estátuas humanas na Avenida Paulista, SP: foto de André Lachini


5 - Europa: o "berço da civilização" mais uma vez mostra seu pior lado, abandonando à própria sorte milhões de refugiados de uma guerra em grande parte criada pela política européia.

6 - Samarco/Vale/BHP: além de infestar boa parte do Espírito Santo com seu pó preto, dizimar municípios do estado e de Minas Gerais, está matando o litoral após o desastre de Mariana. A propaganda que diz que a água do Rio Doce está apropriada para consumo é criminosa, criminosamente mentirosa, o que nos leva ao sétimo nome da lista.

7 - Mídia: a mídia trata de confundir os conceitos de "liberdade de imprensa" e "liberdade de empresa". A ideia de que o fato precede a opinião é enganosa, como aponta Umberto Eco. O "fato" não existe num vácuo espacial-ideológico.

Menção desonrosa:

As viúvas da ditadura.

A internet é um megafone e amplia a voz de qualquer pessoa ou grupo. 

Um dos grandes refugos do século passado, as viúvas da ditadura se valeram disso (e continuarão a fazê-lo). 

A parte boa foi ver os próprios militares tratando tal desejo como se deve: um disparate puro e simples (João Paulo G. Oleare).

Pitaco do Oleari 

Um repeteco necessário. A escolha dos MAIS MENOS DE 2015 é pessoal e "imexível". Como lembra bem nosso parceiro Rubens Pontes, "não somos contra nem a favor". E ele acrescenta: 

- "E também não somos antes pelo contrário".

O Portal Don Oleari Ponto Com e a nascente Rádio Clube da Boa Música, que terá como um dos seus 338 islogans "a rádio que não toca notícia", adotaram por princípio não praticar a CENSURA. Aqui, somos pela paz entre os povos, mesmo que eles estejam saindo na porrada e se matando pelaí. Adotamos o contraditório como exercício e no Portal existem colaboradores de todas as correntes, de todas as tribos. 

E franqueamos à meia dúzia e meia de frequentadores do Portal os comentários, que qualquer bichim ou bichinha de zoreia pode acrescentar aí embaixo. Aqui, como em tempos idos, só não vale xingar a mãe (OOleari).



(*) João Paulo Gomes Oleare é radialista e jornalista. 

É produtor e apresentador do programa Clube da Boa Música em parceria com Oswaldo Oleari ou Oleare, Rádio Universitária, 104.7, emissora da Ufes (Universidade Federal do ES).

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49