anúncio dopc

anúncio dopc

Aqui Rubens Pontes - Meu poema de sábado / Vida a vida, Agnes Gonxha Bojaxhiu - ou Teresa de Calcutá

27 de janeiro de 2017


- "Empático Osvaldo Oleare


O poema escolhido para este sábado é de uma albanesa,
Prêmio Nobel da Paz de 1979.

Agnes Gonxha Bojaxhiu (foto) repetiu em vida a lição de humildade
e de ação de São Francisco de Assis, sendo reverenciada
pelo trabalho por ela desenvolvido, sobretudo junto aos pobres,
por milhões de pessoas, em todo o Mundo civilizado.

As palavras de Jesus, "Quem quiser ser o primeiro entre vós, faça-se servo de todos" (Mc, 10,44) foi seu lema, sua inspiração e seu
caminho desde quando a solista do coro da Igreja local deixou sua comunidade na Albânia,
sul da antiga Iugoslávia, para seguir sua vocação religiosa em Dublin,
na Irlanda.

A marca de sua ação e de seus votos ganhou dimensão e profundidade quando foi deslocada para Calcutá, na India, para lecionar História e Geografia no Colégio Santa Maria, exclusivo para crianças de famílias ricas.

O contraste com a pobreza foi decisiva para sua profissão de fé. Abandonou o colégio e foi viverentre os pobres, com autorização da Igreja.

Agnes Gonxha Bojaxhiu transfigurou-se em Tereza de Calcutá,
já então com nacionalidade indiana, criou casas religiosas em
todo o País fundando, em 1950, uma congregação de religiosas.
O Papa João Paulo II cedeu-lhe, ao lado da Santa Sé, a casa "Dom de Maria",
para recolhimento de pobres.

Teresa de Calcutá passou a ser reverenciada em todo o Mundo,
beatificada em outubro de 2003 e canonizada em setembro de 2010.


Tornou-se santa pelo milagre da cura, pelas orações de um brasileiro
com infecção renal e cerebral, desenganado pelos médicos.

Morreu em 1997, aos 87 anos de idade, deixando, além de sua obra
humanitária, poemas de singular beleza e sensibilidade, como este que leio, quase em genuflexão, nesta ensolarada manhã de Manguinhos.

Abraço, Rubens".


VIVA A VIDA

Teresa de Calcutá

A vida é uma oportunidade rara, aproveite-a...
A vida é beleza, admire-a...
A vida é felicidade, deguste-a...
A vida é um sonho, torne-o realidade...
A vida é um desafio, enfrente-o...
A vida é um dever, cumpra-o...
A vida ´é um jogo, jogue-o...
A vida é preciosa, cuide dela...
A vida é uma riqueza, conserve-a...
A vida é amor, goze-o...
A vida é um mistério, descubra-o...
A vida é tristeza, supere-a...
A vida é um hino, cante-o...
A vida é aventura, arrisque-a...
A vida é alegria, mereça-a
A vida é vida, defenda -a.



rubens pontes´
é jornalista,
escritor, 
poeta,
professor
de vidas

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49