anúncio dopc

anúncio dopc

Alvaro Nazareth: Movimento / Avanços e recuos - Enquanto a Petrobras dá lição de eficiência...prefeitos querem é se dar bem

3 de junho de 2017


Enquanto isso, prefeitos querem é se dar bem enquanto podem – traduzindo: enriquecer roubando o dinheiro público.




Enquanto a Petrobras dá lição de eficiência, novos prefeitos mostram que o inverso é plenamente possível.

Na primeira semana de junho de 2017, consolidaram-se duas importantes, melhor dizendo, fundamentais constatações para a definição dos rumos que levarão o País adiante, para a superfície, ou, ao contrário, cada vez mais para a insalubridade dos porões.

A primeira, dá conta de que uma administração técnica, profissional e austera é capaz de transformar terra arrasada em campos férteis e de elevada produção, como aconteceu com a Petrobras. Que, de situação de insolvência em 2016, apresentou lucro líquido em torno de R$ 4 bilhões no primeiro trimestre de 2017 e anunciou o crescimento de 37% na conta dos royalts distribuídos aos estados e municípios.

A segunda constatação, já nada alvissareira, é de que em muitos dos municípios que recém-empossaram novos prefeitos não chegaram com eles, os novos alcaides, os mesmos bons ares que sopram da Petrobras. Velhas práticas nocivas e nefastas são reeditadas na maior cara dura, a despeito de todos os exemplos que emanam dos avanços da Lava Jato.

Inacreditavelmente, muitos novos prefeitos recorrem a velhos métodos para realizarem novas licitações que possam chamar de suas. São destemidos e temerários: interrompem, na mão dura, contratos de limpeza pública, de transporte escolar e de combate a mosquitos, por exemplo, simplesmente para instalarem seus esquemas de sustentação.

Não estão nem aí para o que lhes possa acontecer caso o Ministério Público aja, seguindo o exemplo da Procuradoria Geral da República, peça abertura de processos e a Justiça os condenem. Querem é se dar bem enquanto podem – traduzindo: enriquecer roubando o dinheiro público.

Neste momento em que os royalts do petróleo voltam a irrigar os cofres municipais, riem-se de orelha à orelha. Mas, mesmo assim, não desistem de contratar seus apaniguados/asseclas para colocar em risco a saúde da população com um serviço de limpeza precário; colocar em risco a segurança de estudantes com um transporte escolar desqualificado; e de submeter a população a moléstias evitáveis.

Sinistro.

Pisou no tomate

O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, viajou geral ao declarar que não importava a origem do dinheiro desde que declarado. Legalizou a receptação.

Economista, Jornalista e Publicitário. Trabalhou no jornal O Diário, Rádio Espírito Santo, Revista Agora, Jornal da Cidade, A Gazeta e A Tribuna. Fundou a Uniarte Agência de Propaganda e dirigiu comercialmente a Eldorado Publicidade, a Rede Tribuna e o jornal eletrônico Século Diário. 
Foi Secretário de Comunicação da Prefeitura de Vila Velha e do Governo do Estado do Espírito Santo.

Movimento - alvaronazareth.blogspot.com

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ:15.265.070/0001-49